Segundo o presidente uruguaio Luis Alberto Lacalle Pou, a reunião com o presidente Lula (PT) se dividiu em duas partes, onde foram debatidos temas como infraestrutura entre os países e as negociações sobre o Mercosul.| Foto: Gastón Britos/EFE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou nesta quarta-feira (25) com o presidente uruguaio Luis Alberto Lacalle Pou em Montevidéu, no Uruguai, para debater os interesses comerciais dos dois países. Um dos objetivos de Lula (PT) é dissuadir Lacalle Pou de dar continuidade nas negociações de acordos comerciais em andamento com países como China e Nova Zelândia.

Segundo o presidente uruguaio, a reunião se dividiu em duas partes, onde foram debatidos temas como infraestrutura e as negociações sobre o Mercosul. Um dos projetos debatido foi a hidrovia entre a bacia da Lagoa Mirim, na fronteira entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai, e a Lagos dos Patos, no Rio Grande do Sul e a dragagem do canal no território brasileiro.

Segundo o mandatário uruguaio, essa é uma obra com um custo econômico menor, mas de grande importância para a região e os dois países. “Já vínhamos trabalhando nesse projeto com o governo anterior e pretendemos concluir essa negociação com o governo atual”, afirmou o presidente uruguaio.

Também foi discutida a proposta de obras na ponte Internacional
Barão de Mauá, que liga as cidades de Jaguarão (RS), no lado brasileiro, e
Rio Branco, no lado uruguaio, para que a estrutura possa suportar um tráfego
maior no transporte de cargas. Os mandatários debateram ainda a possibilidade
de transformar o aeroporto na cidade de Rivera, no Uruguai, em um aeroporto
internacional binacional em breve.