Presidente do São Paulo recorda memória com Telê e exalta homenagem: “Vai virar ponto turístico”

Date:

O São Paulo realizou nesta quarta-feira, data de aniversário do clube, o lançamento da estátua em homenagem ao ex-técnico e um de seus maiores ídolos, Telê Santana, no Morumbi. Presente no evento, o atual presidente do time tricolor, Julio Casares, exaltou o tributo e relembrou uma antiga lembrança com o histórico ex-treinador.

“Eu tinha um gravador e um programa semanal de rádio chamado ‘Emoção Tricolor’ que eu bancava. Um dia eu cheguei para o Telê com um gravadorzinho para entrevistá-lo e ele me deu uma exclusiva, mas não só para me atender, mas para provocar alguns repórteres. Esse dia foi muito interessante, consegui tirar dele e sentir todo o amor que ele tinha pela profissão, pelo atleta, pela disciplina, pela formação de jogadores e pelo jogo bem jogado. Na arquibancada eu gritava o nome dele e disse que se chegasse na presidência iria ter uma estátua dele”, recordou o dirigente destacando que, antes de fazer parte da diretoria, era um “torcedor de arquibancada”.

“Eternizar um técnico que nós temos uma gratidão enorme. Aqui vai virar um ponto turístico do torcedor do São Paulo. Convido a todos virem tirar foto aqui, é um reconhecimento um pouco tardio, mas é um reconhecimento. Eu estava dizendo que quando uma torcida canta o nome de um ex-técnico na arquibancada, é algo inexplicável. Essa estátua eu achei linda, com as taças na mão, a fisionomia. Fico muito feliz que isso tenha sido na nossa gestão”, completou.

De acordo com Casares, o Tricolor Paulista busca, na atual gestão, reverenciar ídolos do passado, além de Telê. Uma maneira de colocar a ideia em prática é homenageá-los no Camarotes dos Ídolos, local onde torcedores podem assistir aos jogos do clube acompanhado de ex-atletas que fizeram história pela equipe.

Outro comandante que marcou época pelo São Paulo foi Muricy Ramalho, atual coordenador técnico do clube. Casares afirmou que nomeá-lo para o cargo na diretoria foi outra forma de reconhecer o trabalho e as conquistas do passado.

“O Muricy hoje é coordenador técnico. Ele veio assumir o cargo porque é são-paulino, sobretudo, e vem fazendo um trabalho muito bom. Somos amigos e profissionais. Quem sabe, no momento certo. A torcida canta o nome dele também. O reconhecimento está sendo em vida”, disse.

“Outras homenagens estão sendo feitas no camarote dos ídolos. Eu convido a todos que quiserem participar, você encontra todos os ídolos. Eles, por conta de um regulamento, não pagam mais ingressos com um acompanhante. É um reconhecimento da entidade, eles podem vir assistir ao jogo e o torcedor pode ver a partida ao lado deles”, declarou.

A história de Telê no São Paulo é vasta é recheada de conquistas. Ao todo, foram 410 compromissos sob o comando do Tricolor, com 198 vitórias, 121 empates e 91 derrotas, e dez títulos conquistados no período, dentre eles, o bicampeonato da Libertadores e Mundial, nos anos de 1992 e 1993.

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Share post:

Inscreva-se

spot_imgspot_img

Popular

More like this
Related

Neymar marca, mas Paris Saint-Germain empata com Reims

Neste domingo, o Paris Saint-Germain recebeu o Reims e...

CBF divulga áudio do VAR em gol polêmico na Supercopa

Neste sábado, o Palmeiras venceu o Flamengo na decisão...

Iñaki Williams fica fora de jogo do Athletic e interrompe sequência recorde de jogos no Espanhol

O atacante ganês Iñaki Williams perdeu seu primeiro jogo...

​​​​​​​Supercopa do Brasil deixa lição para o Flamengo: é preciso melhorar o sistema defensivo

O Flamengo não passou pelo primeiro grande teste da...